Actualidade

Lino Guerreiro
Nova Página de Compositor no MIC.PT

A partir de agora o MIC.PT tem uma nova Página de Compositor dedicada a Lino Guerreiro, que em 2008 terminou o Curso de Composição na ESML – Escola Superior de Música de Lisboa, onde estudou com Carlos Caires, Christopher Bochmann, José Luís Ferreira e Sérgio Azevedo, na área específica da Composição; e com outros compositores / músicos / musicólogos como Carlos Marecos, João Madureira, Roberto Perez e Benoît Gibson, nas restantes áreas curriculares. Em 2012, terminou o Mestrado em Música (Composição) pela ESML, sob a orientação de António Pinho Vargas. No mesmo ano, terminou o Mestrado em Ensino de Música pela ESML, sob a orientação de António Pinho Vargas, Carlos Marecos e Francisco Cardoso. A sua actividade enquanto compositor desenvolve-se maioritariamente na área dos instrumentos de sopro e percussão. Lino Guerreiro é professor de Análise e Técnicas de Composição e de Música de Câmara no Conservatório de Música D. Dinis em Odivelas e professor de Teoria e Análise Musical e de Música de Câmara na Escola Profissional da Metropolitana.

>> mais info

Bruno Monteiro
Nova Página de Intérprete no MIC.PT

No passado mês de Janeiro o MIC.PT activou uma nova Página de Intérprete dedicada a Bruno Monteiro, considerado pelo jornal Público como sendo "sem dúvida, um dos melhores violinistas portugueses da actualidade". Bruno Monteiro estreou-se publicamente em recital aos 13 anos de idade no Teatro São Luís de Lisboa e no Teatro Rivoli do Porto e aos 14 como solista com orquestra no Teatro Nacional de São Carlos. Desde então e com um repertório que se estende de Bach a Corigliano, incluindo os principais compositores portugueses (Armando José Fernandes, Fernando Lopes-Graça e António Pinho Vargas, entre outros), lidera uma intensa actividade concertística, apresentando-se em recital, como solista com orquestra e em música de câmara nas mais destacadas salas de concerto e festivais de música em Portugal e no estrangeiro. Um notável intérprete de gravação, os seus últimos registos discográficos incluem a integral da obra para Violino e Piano e Violino Solo de Fernando Lopes-Graça para a Naxos (2014), que foi elogiada pelas mais importantes revistas e jornais musicais.

>> mais info

Compositores Portugueses no World Music Days 2019

A Miso Music Portugal e o Centro de Investigação e Informação da Música Portuguesa – MIC.PT, enquanto Secção Portuguesa da ISCM – International Society for Contemporary Music, têm o prazer de anunciar que no âmbito da candidatura oficial para o World Music Days 2019, que incluiu obras de seis compositores e compositoras portuguesas, o júri do WMD 2019 escolheu três composições: Obsidia – dos sons invisíveis ou das imagens audíveis (2017), obra electroacústica de João Castro Pinto; Metamorphosis and Resonances for Harp Solo (2017) de Hugo Vasco Reis; e Peaceful Meeting (2016) para violoncelo e contrabaixo de Clotilde Rosa. No total, os organizadores do World Music Days 2019 receberam mais que 500 candidaturas, entre as quais foram escolhidas 99 obras de compositores do mundo inteiro para incluir na programação do Festival.
O World Music Days da ISCM é um evento anual, que todos os anos decorre num país diferente, organizado para celebrar a criação musical contemporânea. Na edição de 2019 este Festival intitulado Through the Forest of Songs terá lugar na Estónia (Tallinn / Tartu) entre os dias 2 e 10 de Maio. Como sublinham os organizadores do evento, incluindo a União de Compositores da Estónia, um dos objectivos do WMD 2019 é apresentar um programa que “reflecte a música contemporânea num espectro tão rico e extenso, quanto possível”.

>> mais info

(Foto: imagem ilustrativa · por Lou Levit no Unsplash)

Novo Dossier em inglês . [ka'mi]
Compositores Portugueses dos séculos XX e XXI

Este mês de Dezembro, no contexto da série dos Dossiers . Compositores Portugueses dos séculos XX e XXI, editamos e disponibilizamos on-line uma nova publicação – a versão inglesa do Dossier n.º 20 de [ka'mi].
A série Dossiers . Compositores Portugueses dos séculos XX e XXI, tem como objectivo promover o trabalho das compositoras e dos compositores portugueses da actualidade, constituindo uma "introspecção" no trabalho de cada um dos criadores, sendo simultaneamente um incentivo para investigar e (re)descobrir a sua música, assim como a sua reflexão estética e filosófica. Cada um dos Dossiers é composto de uma nota biográfica, questionário/entrevista ou artigo musicológico, catálogo de obras com duas ordenações (por instrumentação e por ordem cronológica) e discografia.

Neste momento no MIC.PT estão disponíveis os seguintes Dossiers:
Dossier n.º 1 . Paulo Ferreira-Lopes . Dossier n.º 2 . Sara Carvalho
Dossier n.º 3 . António Ferreira . Dossier n.º 4 . António Chagas Rosa
Dossier n.º 5 . Bruno Gabirro . Dossier n.º 6 . Christopher Bochmann
Dossier n.º 7 . Patrícia Sucena de Almeida . Dossier n.º 8 . Miguel Azguime
Dossier n.º 9 . Ricardo Ribeiro (PT) . Dossier n.º 10 . Pedro Rebelo
Dossier n.º 11 . Vítor Rua . Dossier n.º 12 . João Madureira
Dossier n.º 13 . António de Sousa Dias . Dossier n.º 14 . Fernando C. Lapa
Dossier n.º 15 . Isabel Soveral . Dossier n.º 16 . Tiago Cutileiro
Dossier n.º 17 . João Pedro Oliveira (PT) . Dossier n.º 18 . João Castro Pinto
Dossier n.º 20 . [ka'mi]

Foto: © [ka'mi]

Daniel Davis
Novo Compositor Editado pelo MIC.PT

A partir deste mês de Dezembro de 2018 Daniel Davis junta-se ao grupo de Compositores Editados pelo MIC.PT, que presentemente inclui 66 criadores.
Nascido no Porto em 1990, este ano Daniel Davis foi convidado pelo Departamento de Composição da Guildhall School of Music and Drama – Londres – para realizar o Doutoramento em Composição, com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian e do Departamento de Investigação da Guildhall School of Music and Drama, sob a orientação dos compositores: Julian Philips e Richard Baker. No Reino Unido Daniel Davis tem também trabalhado com o compositor Julian Anderson.
Presentemente o Catálogo de Partituras Editadas pelo MIC.PT inclui três obras de Daniel Davis, sendo que várias outras partituras suas estão em preparação para edição para os próximos meses; as novas partituras de Daniel Davis no MIC.PT são: analogous de 2015 (DDav0001), para clarinete Sib; other side... de 2017 (DDav0002), para acordeão; e Sonata de 2017 (DDav0003), para violino e piano.

Paulo Jorge Ferreira
Nova Página de Intérprete no MIC.PT

A partir de Dezembro de 2018 o MIC.PT disponibiliza on-line uma nova Página de Intérprete dedicada a Paulo Jorge Ferreira, uma figura preponderante no desenvolvimento artístico do acordeão – repertório e performance – em Portugal.
Nascido em 1966, Paulo Jorge Ferreira tem realizado recitais a solo e concertos de música de câmara, tanto a nível nacional como internacional, nomeadamente em França, México, Bélgica, Áustria, Itália, Macau, Espanha, Hungria, Holanda e Alemanha; tocando com músicos portugueses e estrangeiros de enorme prestígio. Participou, como instrumentista, em diversas estreias de obras para orquestra, ensemble e música de câmara, que incluem acordeão.
Paulo Jorge Ferreira é professor de acordeão e música de câmara na Escola Superior de Artes Aplicadas em Castelo Branco e na Escola de Música do Conservatório Nacional; sendo convidado com re-gularidade como membro de júri em concursos de acordeão. Simultaneamente, é director artístico do Festival e Concurso de Acordeão Folefest e presidente da Associação Folefest.