Agenda

Concertos & Espectáculos

A Agenda é uma secção do portal MIC.PT, onde é possível encontrar as informações mais relevantes - datas, localização, programação, intérpretes e intervenientes, entre outras - sobre os numerosos eventos (concertos, espectáculos, ...), que no seu cerne incluem a música de Compositores Portugueses dos séculos XX e XXI.

The Agenda is one of the MIC.PT regularly updated sections, where it is possible to find the most relevant information - including dates, location, programme and performers - on the various events (concerts, performances, ...) dedicated to the music by Portuguese Composers from the 20th and 21st centuries (presently only available in Portuguese).

2024 · janeiro · fevereiro · março · abril · maio · junho · julho-agosto
2023 · janeiro · fevereiro · março · abril · maio · junho · julho-agosto · setembro · outubro · novembro · dezembro
2022 · Janeiro · Fevereiro · Março · Abril · Maio · Junho · Julho-Agosto · Setembro · outubro · novembro · dezembro
2021 · Janeiro · Fevereiro - Março · Abril · Maio · Junho · Julho - Agosto · Setembro · Outubro · Novembro · Dezembro
2020 · Janeiro · Fevereiro · Março · Abril - Maio · Junho - Julho - Agosto · Setembro · Outubro · Novembro · Dezembro
2019 · Janeiro · Fevereiro · Março · Abril · Maio · Junho · Julho / Agosto · Setembro · Outubro · Novembro · Dezembro
2018 · Janeiro · Fevereiro · Março · Abril · Maio · Junho · Julho · Agosto · Setembro · Outubro · Novembro · Dezembro
Arquivo: 2018 Julho . Junho - Janeiro · 2017 · 2016 - 2015 - 2014 - 2013

Exposições/ Instalações/ ...

2024 · julho-agosto

Concrète [Lab] Ensemble estreia obras dedicadas ao grupo instrumental

31 de julho, 19h30
O'culto da Ajuda, Lisboa

Programa:
· Maria Vittoria Agresti · Wasteland *
· Pasquale Punzo · Vernici *
· Daniele Vulpiani · Mining waste (macchina inutile n. 5) *
· Yuri Demetz · The black and hooded head is speaking *
· Matteo Tundo · Lamiere *

* estreias absolutas

Concrète [Lab] Ensemble

>> Mais Informações

Coro de Câmara "Cantar Nosso" interpreta obras de David Miguel

6 de julho, 18h00
Igreja Matriz da Chamusca, Santarém

Programa:
· Eric Whitacre · Sleep
· David Miguel · O Silêncio e Soneto do amor e da morte
· Ola Gjeilo · Ubi Caritas
· Franz Schubert · Chor der Engel
· Anton Bruckner · Locus Iste
· Josef Rheinberger · Abendlied e Requiem in E flat Major, op. 84
· Henry Purcell · Remember not, Lord, our offences
· Amy Beach · Peace I leave with your
· Karl Jenkins · God shall wipe away all tears

Coro de Câmara "Cantar Nosso" - Casa da Música da Golegã
Miguel Galhofo · maestro

>> Mais Informações

>> Topo

2024 · junho

Música e Revolução pela Orquestra Metropolitana de Lisboa

29 de junho, 21h30
Mosteiro de Alcobaça, Alcobaça

Programa:
· Ludwig van Beethoven · Sinfonia N.º 5
· Anne Victorino d’Almeida · Histórias de Abril
· Fernando Lopes Graça · Canções Heroicas (arranjo de Luís Cardoso)

Orquestra Metropolitana de Lisboa
José Eduardo Gomes · maestro

>> Mais Informações

Workshop Composing for Voices and Orchestra - Concerto final

28 de junho, 19h00
Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa

Programa:
· Cong Wei · Omnia Vanitas, Caro Cardo Salutis *
· Fran Barajas · El olor de la guayaba 4 *
· Hibiki Mukai · Ode Marítima *
· João Carlos Pinto · Responsorio *
· Mariana Vieira · Contra o Tempo e a Carne *
· Stylianos Dimou · Tandem *
· Luca Francesconi · Canti *

* estreias absolutas

Orquestra Gulbenkian
Luca Francesconi · maestro
Camila Mandillo · soprano
Marco Alves dos Santos · tenor
André Henriques · barítono

>> Mais Informações

Os dias levantados de António Pinho Vargas no Teatro Nacional de São Carlos

27 de junho, 20h00
Teatro Nacional de São Carlos, Lisboa

Programa:
· António Pinho Vargas · Os dias levantados (versão de concerto)

Coro do Teatro Nacional de São Carlos
(Giampaolo Vessella, maestro titular)
Orquestra Sinfónica Portuguesa

Pedro Amaral · direção musical
Manuel Gusmão · libreto
Eduarda Melo, Sara Braga Simões e Sílvia Sequeira · sopranos
Rui Vieira · contratenor
Leonel Pinheiro · tenor
Jorge Vaz de Carvalho, José Corvelo e Luís Rodrigues · barítonos

>> Mais Informações

Música de Compositores Portugueses no ISCM World New Music Days 2024

22 de junho
Rituvíkar Kirkja, Ilhas Faroé
24 de junho
Tórshavn, Ilhas Faroé

Programa:

22 de junho

· Kenneth Li · Singing Our Swan Song Of Serenity (Speaking of Satire)
· Máté Bella · AEOLUS
· Amy Brandon · Lysis
· Filipe Lopes · Clusia Rosea
· Caroline Bordignon · Incandescence

24 de junho

· Eric Egan · in some or other Oasis
· Raimonda Žiūkaitė · 1000 Mouths
· Maciej Kabza · The Infinity Mirror II
· Carlos Brito Dias · was birgst du so bang dein Gesicht?
· Natasha Bogojevic · Dissolvenza
· Pauli í Sandagerði · Vel op før dag

>> Mais Informações

Concerto Pedagógico com os alunos do Conservatório de Música de Santarém

18 de junho, 19h00
Lisboa Incomum, Lisboa

Programa:
· Tiago Cutileiro · Duplo
· Jean-Claude Risset · Reprises e Rumeur
· João Pedro Oliveira · Looking Into the Mirror
· Diogo Alves Batista · Choro um final de tarde eterno
· Jaime Reis · Magistri Mei: BACH (I. ZEITGEIST e II.ECHO)
· Luís Neto da Costa · Ecos de atrito
· Pedro M. Santos · Segue o teu destino
· Nuno da Rocha · A.B.C.D. Flexible

Alunos do Conservatório de Música de Santarém
Philippe Trovão (coordenador do projeto)

>> Mais Informações

Apresentação de Fantasia, disco para tiorba solo de Tiago Matias

15 de junho, 19h30
O'culto da Ajuda, Lisboa

Programa:
· Girolamo Kapsberger · Toccata Arpeggiata
· Alessandro Piccinini · Tocatta IV
· Fernando C. Lapa · brumas *
· Sérgio Azevedo · ... reflections upon a (imaginary) pavane *
· Luís Cardoso · “Ti” *
· Girolamo Kapsberger · Canario
· Alessandro Piccinini · Ciaccona

* obra dedicada a Tiago Matias

Tiago Matias (tiorba)

>> Mais Informações

Trilogia das barcas de Joly Braga Santos pelo Coro do Teatro Nacional de São Carlos e Orquestra Sinfónica Portuguesa

14 de junho, 20h00
16 de junho, 16h00
Teatro Nacional de São Carlos, Lisboa

Programa:
· Joly Braga Santos · Trilogia das Barcas (versão semiencenada)

Coro do Teatro Nacional de São Carlos
(Antonio Pirolli, maestro titular)
Orquestra Sinfónica Portuguesa
(Giampaolo Vessella, maestro titular)

Carla Caramujo, Luís Rodrigues, José Corvelo, Marco Alves dos Santos, João Merino, João Pedro Cabral, Ricardo Panela, Maria Luísa de Freitas, Sérgio Martins, Cátia Moreso, Diogo Oliveira, André Henriques, Tiago Matos e Susana Gaspar · atores
Maria José Braga Santos · libreto
José Eduardo Gomes · direção musical
Luca Aprea · encenação
Fernando Ribeiro · cenografia
Nuno Velez · figurinos

>> Mais Informações

Estreia de ópera em comemoração dos 500 anos do nascimento de Luís Vaz de Camões

10 de junho, 17h00
Centro Cultural Olga Cadaval, Sintra

Programa:
· César Viana · O Último Canto - Camões e o Destino *

* estreia absoluta

Luís Rodrigues (Luís Vaz de Camões - barítono)
Mário Alves (Francisco Quevedo - tenor)
Daniela Matos (Vasco Quevedo - soprano)
F. Pedro Oliveira (Jau)

César Viana (composição e libreto)
Larisa Shotropa e João Maria Lourenço (tradução do texto original de Vassili Jukovski)
Miguel Moreira (encenação)
Brian MacKay (direção musical)
Anabela Gaspar (desenho de luz)
Dino Alves (figurinos e adereços)
Luís Pacheco Cunha (produção executiva)
Damaris Lima e Élio Correia (produção)
Luís Garção e Paula Casanova (comunicação)

>> Mais Informações

Aveiro Síntese 2024 · Ensemble DME interpreta obras de António Sousa Dias e Jaime Reis

9 de junho, 18h00
Teatro Aveirense, Aveiro

Programa:
· Rocío Cano Valiño · Antanáklasi IV
· Maurizio Azzan · Of other spaces
· António Sousa Dias · Mise en page #2
· Pascale Criton · Clines
· Jaime Reis · Sangue Inverso: Rosa do Deserto

Ensemble DME

>> Mais Informações

Aveiro Síntese 2024 · Apresentação dos álbuns discográficos de Tiago Matias e Hugo Vasco Reis

9 de junho, 16h00
Teatro Aveirense, Aveiro

Programa:
· Tiago Matias · Fantasia (para teorba solo) com obras de Fernando C. Lapa (brumas) e Sérgio Azevedo (…reflections upon a (imaginary) pavane)
· Hugo Vasco Reis · Tacteabilidade com obras de Hugo Vasco Reis (Manifesto, Difracção e Pele)

Tiago Matias · teorba
Hugo Vasco Reis · guitarra portuguesa

>> Mais Informações

Música de Igor C. Silva pelo GUICollective

9 de junho
Auditório do Centro Cultural de Chaves

Programa:
· Thierry De Mey · Silence Must Be
· Thierry De Mey· Musique de table
· Pierre Jodlowsky · Time & Money
· François Sarhan · Homework
· Iannis Xenakis · Okho
· Igor C. Silva · In Case of Change
· Igor C. Silva · My Empty Hands

GUICollective

>> Mais Informações

Luís Neto da Costa
Luís Neto da Costa
© Feliz Acaso

Estreia de obra de Luís Neto da Costa pelo Sond'Ar-te Duo

6 de junho, 21h00
O'culto da Ajuda, Lisboa
7 de junho, 21h30
Teatro da Rainha, Caldas da Rainha

Programa:
· Luís Neto da Costa · Painting on a wooden canvas of resonances *
· Miguel Azguime · Moment à l’Extrêmement
· Sofia Gubaidulina · Rejoice!
· Maurice Ravel · Sonata para violino e violoncelo

* estreia absoluta (encomenda da Miso Music Portugal)

Sond'Ar-te Duo
Vítor Vieira · violino
Filipe Quaresma · violoncelo
Miguel Azguime · eletrónica

>> Mais Informações (Lisboa)
>> Mais Informações (Caldas da Rainha)

Lisboa


Caldas da Rainha

Estreias pelo Departamento de Música da Universidade do Minho no GNRation

5 de junho, 17h00
GNRation, Braga

Programa:
· György Ligeti · Seis Bagatelas
· Ruben Antonyan · Almost could be... *
· Narine Mkhitaryan · Close up – Open up **
· Virgílio Melo · Sefer
· Laure Escudier · Monologue [I] *
· Jaime Reis · Fluxus, Vortex – Schubkraft
· Daniel Osvaldo · Estudo **
· Álvaro Salazar · Giuoco Piano
· Sara Carvalho · A hybrid cat hip symposium
· Aram Hovhannisyan · Synopsis *

* estreia nacional
** estreia mundial

Departamento de Música da Universidade do Minho
José Ferreira, Mariana Vaz e Hugo Coelho · flauta
Carolina Zeferino e Jael Cohen · clarinete
Gil Freitas · clarinete-baixo
Vera Teixeira · oboé
João Flores · fagote
Ricardo da Costa · trompa
Rafael Ribeiro · eufónio
Francisca Pires, Mafalda Jorge e Artur Carreiras · violino
Maria Teixeira e Cristiana Barreiro · viola
Henrique Rocha e Beatriz Figueiredo · violoncelo
Francisca Alves, Nuno Martinho, Ricardo Marinho e Tiago Carvalho · guitarra
Bruna Castro e Diogo Castro · piano
João Oliveira · vibrafone
Najib Angar · percussão
Beatriz Santos, Rúben Oliveira e Bernardo Cruz · eletrónica
Gilberto Bernardes · desenvolvimento software
Lúcia Silva · direção musical

>> Mais Informações

Mister Ego & Mister Egg, dupla de Edgar Pêra e Vítor Rua, apresentam cine-concerto

2 de junho, 21h30
Cineteatro Curvo Semedo, Montemor-o-Novo

Programa:
· Edgar Pêra e Vítor Rua · Sweet Violence

Edgar Pêra · câmara
Vítor Rua · guitarra e eletrónica
Ana Soares · VJ (video jockey)

>> Mais Informações

Ópera “Regresso” · cartaz
Ópera Regresso · cartaz

Estreia da ópera Regresso de João Quinteiro

1-2 de junho, 19h30
O’culto da Ajuda, Lisboa

Programa:
· Ópera Regresso · composição e libreto de João Quinteiro, a partir de poemas de José Mário Silva *

* estreia absoluta

Cantores
Laura Pimenta (S) · Eurídice
Camila Mandillo (S) · Penélope
Dinis Rodrigues (T) · Hermes
Diogo Oliveira (B) · Sísifo
João Emanuel Silva (B) · Prometeu
Miguel Azguime (ator) · Homero

Solistas
Marco Fernandes (Perc)
Salomé Pais Matos (Hp)
Henrique Portovedo (Sax)
Francisco Martins (Ac)
Miguel Amaral (P. Guit)

Ensemble
Clara Saleiro (Fl) + (atriz - Ariadne)
Miguel Dias (Ob / Aulos duplo)
Tiago Mourato (Cl) + (ator - Ícaro)
Nuno Caetano (Tpa)
Tiago Pinheiro (Tpa)
Pedro Rolo (Tbn)
Miguel Alves (Tuba)
Nuno Pinto (E. Guit.) + (actor - Orfeu)
Beatriz Costa (Vln)
Ana Campos (Vla)
Pedro do Carmo (Vlc)
Raquel Leite (CB)

Equipa
João Quinteiro · Composição, Direção Artística, Libreto (a partir de poemas de José Mário Silva)
Pedro Pinto Figueiredo · Direção Musical
Tiago Barreiros · Encenação e Luzes
Sinem Tas · Produção Vídeo
Alexandre Furtado · Apoio Técnico
Paula Azguime · Apoio Técnico
Afonso Gonçalves · Apoio de Palco

>> Mais Informações

>> Topo

2024 · maio

Ópera “Regresso” · cartaz
Ópera Regresso · cartaz

Estreia da ópera Regresso de João Quinteiro

31 de maio, 19h30
O’culto da Ajuda, Lisboa

Programa:
· Ópera Regresso · composição e libreto de João Quinteiro, a partir de poemas de José Mário Silva *

* estreia absoluta

Cantores
Laura Pimenta (S) · Eurídice
Camila Mandillo (S) · Penélope
Dinis Rodrigues (T) · Hermes
Diogo Oliveira (B) · Sísifo
João Emanuel Silva (B) · Prometeu
Miguel Azguime (ator) · Homero

Solistas
Marco Fernandes (Perc)
Salomé Pais Matos (Hp)
Henrique Portovedo (Sax)
Francisco Martins (Ac)
Miguel Amaral (P. Guit)

Ensemble
Clara Saleiro (Fl) + (atriz - Ariadne)
Miguel Dias (Ob / Aulos duplo)
Tiago Mourato (Cl) + (ator - Ícaro)
Nuno Caetano (Tpa)
Tiago Pinheiro (Tpa)
Pedro Rolo (Tbn)
Miguel Alves (Tuba)
Nuno Pinto (E. Guit.) + (actor - Orfeu)
Beatriz Costa (Vln)
Ana Campos (Vla)
Pedro do Carmo (Vlc)
Raquel Leite (CB)

Equipa
João Quinteiro · Composição, Direção Artística, Libreto (a partir de poemas de José Mário Silva)
Pedro Pinto Figueiredo · Direção Musical
Tiago Barreiros · Encenação e Luzes
Sinem Tas · Produção Vídeo
Alexandre Furtado · Apoio Técnico
Paula Azguime · Apoio Técnico
Afonso Gonçalves · Apoio de Palco

>> Mais Informações

Aveiro Síntese 2024 · Bustrofédon

30 de maio, 21h30
Teatro Aveirense, Aveiro

Programa:
· Ricardo Guerreiro · Bustrofédon (ópera não narrativa) *

* estreia

Andrea Conangla · soprano
Pedro Ribeiro, Emídio Buchinho, Frederica Campos e Alexandre Aguiar · instrumentistas
Alberto Velho Nogueira · libreto e narração
Leonor Keil · encenação
Lucas Paulino · vídeo
Pedro Fonseca · desenho de luz
Carlos Santos · design

>> Mais Informações

Aveiro Síntese 2024 · Aveiro Listening

30 de maio, 17h00
Cais do Sal, Aveiro

Programa:
· Tiago Cutileiro · Aveiro Listening (passeio sonoro) *

* estreia absoluta

>> Mais Informações

Absonus Lab apresenta Hyper-Objects: Música Acusmática em Conexão

29 de maio, 21h30
30 de maio, 18h00
Domo do Planetário do Porto – Centro Ciência Viva, Porto

Programa:

29 de maio

· Alberto Tudisca · Isola
· Bracha Bdil · Urban Nature
· Daniel Blinkhorn · Kibuyu
· Daria Baiocchi · Hyperloop
· Edgerton Michael · Wassermann
· João Pedro Oliveira · La Mer Emeraude
· Jorge Ramos · Paysage

30 de maio

· Cláudio de Pina · Ceci n’est pas une…
· Manuella Blackburn · Home Truths
· Mauro Diciocia · Eletrotopia
· Panayiotis Kokoras · Ai phantasy
· Paul Oehlers · Flux Hammer
· Yunjie Zhang · Le Caméléon

>> Mais Informações

Concertos no âmbito da Semana da Composição na Escola Superior de Música de Lisboa

27 de maio – 1 de junho
Escola Superior de Música de Lisboa

Programa:

27 de maio, 16h30

· Geraldine Timlin e Pedro Rebelo · Silent Spring
· Philippe Pasquier · Autolume Mzton
· Jérémie Martineau · Distractions, Horizons
· Alessio Rossato · ISTANTE VERTICALE
· Marc Estibeiro e Dave Payling · Circle Traces
· Vera Ivanova · Melancholy

27 de maio, 20h00

· Dai Fujikura · HOP
Trio ARO
Diogo Cocharra · clarinete
Adriana Gonçalves · violoncelo
Miguel Perdigão · piano

· Stefano Catena · Travelling Without Moving (acusmática)
· António Sousa Dias · Mise en page #2
Laboratório de Música Mista
Luís Vieira · maestro
Mattia Giusteto · eletrónica
Bruna Pinto · flauta
Henrique Fialho · clarinete
Ana Sofia Faria · violino
Maria Francisca Marques · violoncelo
António Narciso · piano

· John Young · Arioso (acusmática)
· Nuno Coelho Castellanos · Suíte Italianada
Alexandre Jesus · clarinete
Margarida Vieira · violoncelo
Beatriz Pereira · piano

· György Kurtág · Quasi una Fantasia

28 de maio, 20h00

· Luísa Carvalho · Absens, Abséntis (com eletrónica fixa)
Sofia Faria · violino

· António Narciso · Scherzo Perdido e Achado
António Narciso · piano
· Jorge García del Valle Méndez · Dead Bichitos (acusmática)
· Barbara Fernandes João · Falsos Liados
Carolina Faria · flauta
Marta Mota · viola
Ana Carolina Moura · piano

· Francesco Gulic · Cantando come donna innamorata: IV. Beatrice (acusmática)
· Adam Stanovic · To US.S..S..
· Ivy Rose · Starlings
Scherza Saxophone Quartet
Patrícia Lopes · saxofone soprano
Bárbara Lopes · saxofone alto
Carolina Martins · saxofone tenor
Daniela Calisto · saxofone barítono


29 de maio, 20h00

· Alberto Piazza · Ninna nanna per violino
André Teixeira · violino
· Nikos Stavropoulos · Khemenu (acusmática)
· Tiago Jesus · Piano Study 3 – Toccata
Alex Waite · piano
· Adrian Moore · Voices in the Dark (acusmática)
· Augusta Read-Thomas · Avian Escapades
Lizart Quintet
Juliana Sousa · flauta
Sofia Rosa · oboé
Tomás Mendes · clarinete
Rodrigo Vasques · fagote
Henrique Cimbron · trompa

· Pedro Faria Gomes · 2 canções de The Ways of Times: Nell Barnes e The Ways of Time
Gonçalo Martins · barítono
Francisco Sassetti · piano

· Dimitris Savva · Watering (acusmática)

30 de maio, 20h00

· Luís Neto da Costa · Rust *
· Francesco Gulic · Stormi
· Pablo Andoni Gómez Olabarría · Manere
· Diogo Batista · Ficalho
· Antonio La Spina · Ponti al Teléfono per l'Inziato II
· Francisco Joaquim · Sweatshop Assembly Line
· Alberto Piazza · Marmota Marmota

* estreia absoluta

Alex Waite · piano

31 de maio, 21h00

· Kurt Weill · 4 canções
Cláudia Anjos · voz
Alunos ESTC
ClusterLab M

· Ely Janoville · Léguas
· Noëmi Hafnner · Images
ClusterLab M
· Iris Bramberger · I’m (com eletrónica fixa)
Cláudia Anjos · soprano
· Carolina Puntel · 2 momentos (com looper)
Carolina Puntel · voz

· Carlos Marecos · branco, branco, branco
Cláudia Anjos · voz
Carolina Puntel · voz
Laura Alves · voz
ClusterLab e convidados


1 de junho, 16h00

· Eurico Carrapatoso · Quatro Últimas Estações
Kateryna Vovk · piano
· Barbara João · Mãos de Glória
Glória Ramos · piano
· Chrystian Faróia · Petit Amant e Dimensional
Beatriz Pereira · piano
Viktor Juno Lopes · saxofone tenor
Rita Sofia Nunes Fernandes · saxofone

>> Mais Informações

Concerto Coral-Sinfónico no Centro Cultural de Belém

26 de maio, 19h00
Centro Cultural de Belém, Lisboa

Programa:
· Sergei Prokofiev · Concerto para violino n.º 1
· Joly Braga Santos · Sinfonia n.º 4

Veriko Tchumburidze · violino
Julia Jones · direção musical

Coro do Teatro Nacional de São Carlos
(Giampaolo Vessella · maestro titular)
Orquestra Sinfónica Portuguesa

>> Mais Informações

Quarteto Vintage estreia obras de Rodrigo Cardoso, Ana Seara, Carlos Lopes e Vítor de Faria

26 de maio, 12h00
Casa das Artes, Porto

Programa:
· Rodrigo Cardoso · Nuvem *
· Ana Seara · Som presente desse mar futuro, Voz da terra ansiando pelo mar *
· Nuno Peixoto de Pinho · Re_invenções (1-7)
· Carlos Lopes · C_gull *
· Vítor de Faria · Suítes (I - III) *

* estreias mundiais

Quarteto Vintage
Iva Barbosa
João Moreira
José Eduardo Gomes
Ricardo Alves

>> Mais Informações

Projeto Êxodo: NoMad Duo interpretam obras portuguesas

25 de maio, 21h30
Casa Varela, Pombal

Programa:
· Bernardo Lima · Caminhos Alados e Lugar Seguro
· Camila Menino · [eco] do Viajante Sonâmbulo
· Daniel Martinho · No Barriers e Saudade
· Francisco Ribeiro · A Little Song for Empathy
· Paulo Bastos · Adiós *
· Solange Azevedo · Emergem as Vozes e Passos e Espaços

* estreia absoluta

NoMad Duo
Jonathan Silva · vibrafone
Ricardo Antão · eufónio

>> Mais Informações

Ensemble Darcos interpreta música portuguesa no concerto da 2.ª edição do Prémio Internacional de Composição Darcos

24 de maio, 21h30
Câmara Municipal, Torres Vedras

Programa:
· Joly Braga Santos · Quarteto com piano
· Thomas Hooper · Piano Quartet N.º 1 *
· Nuno Peixoto Pinho · Veniliornis - ordens de voar *
· Eurico Carrapatoso · Espelho da Alma (I. Eterno, II. Pírrico, III. Sedoso, IV. Careto, V. Saudoso, VI. Pícaro, VII. Materno)

* estreia absoluta

Ensemble Darcos
Paula Carneiro · violino
Reyes Gallardo · viola
Fernando Costa · violoncelo
Helder Marques · piano

>> Mais Informações

Aveiro Síntese 2024 · Obras para tuba e electrónica

23 de maio, 21h30
Teatro Aveirense, Aveiro

Programa:
· João Moreira · Prolegomena *
· Jonathan Harvey · Still
· Luigi Nono · Post-prae-ludium nº 1 per Donau
· João Pais · obra por anunciar *

* estreias absolutas, obras encomendadas para o projecto ‘Nova Música para Novos Músicos'

Henrique Costa e Tomás Rodrigues · tuba
Ricardo Guerreiro · eletrónica

>> Mais Informações

Miguel Azguime · © Adam Walanus
Miguel Azguime · © Adam Walanus

Estreia de Concerto para Orquestra de Miguel Azguime

19 de maio, 19h00
Grande Auditório do Centro Cultural de Belém, Lisboa

Programa:
· Joly Braga Santos · Nocturno para Orquestra de Cordas
· Miguel Azguime · Concerto para Orquestra *
· Johannes Brahms · Concerto para Violino e Orquestra

* estreia absoluta · encomenda da Metropolitana

Franz Peter Zimmermann · violino
Pedro Neves · maestro
Orquestra Metropolitana de Lisboa

>> Mais Informações

Obra de Fernando C. Lapa em Paris

19 de maio, 16h00
Église Saint-Sulpice, Paris, França

Programa:
· Fernando C. Lapa · Variações sobre o nome da Paz
· Franz Liszt · Prelúdio e Fuga sobre Bach

Laura Silva Mendes · órgão

>> Mais Informações

Música pré/pós 25 de abril pelo ars ad hoc

19 de maio, 18h00
Museu de Arte Contemporânea de Serralves, Porto

Programa:
· Filipe Pires · Litania
· Álvaro Salazar · Palimpsestos II
· Cândido Lima · Meteoritos
· Amílcar Vasques Dias · Raiz

Ricardo Carvalho · flauta
João Casimiro Almeida · piano
Diana Ferreira · direção artística

>> Mais Informações

Obra de Paulo Bastos no ciclo Sextas às Sete

17 de maio, 19h00
Conservatório Música Teatro Dança em Vila do Conde

Programa:
· Nino Rota · 5 pezzi facilli
· Paulo Bastos · Cinco quadros para Alice
· Jacques Ibert · Histoires

Daniela Anjo · flauta
Sónia Amaral · piano

>> Mais Informações

Aveiro Síntese 2024 · Obras para piano e electrónica

16 de maio, 21h30
Teatro Aveirense, Aveiro

Programa:
· Luigi Nono e Maurizio Pollini · sofferte onde serene...
· Cândido Lima · Meteoritos - piano meteoritos (nova versão elaborada pelo compositor com electrónica oriunda de gravações de João Casimiro Almeida)
· Sara Glojnarić · Latitudes *
· Inés Badalo · Livro de Arena

* estreia nacional

João Casimiro Almeida · piano

>> Mais Informações

imagem ilustrativa
imagem ilustrativa

Música acusmática no Aveiro_Síntese 2024

15 de maio, 21h30
Sala Principal, Teatro Aveirense

Programa:
· João Pedro Oliveira (1959) · N’vi’ah (2019)
· Sina Fallahzadeh (1981) · Arche (2020)
· Cláudio de Pina (1977) · Neurotransmits (2023)
· Daniel Teruggi (1952) · Pensées symphoniques (2022) *
· John Chowning (1934) · Turenas (2022)

* estreia nacional

>> Mais Informações

Departamento de Música da Universidade do Minho interpreta obras de Armando Santiago

15 de maio, 17h30
Salão Medieval da Reitoria da Universidade do Minho, Braga

Programa:
· Armando Santiago · Três Miniaturas, Groupes IV (Scherzo pour marimba et Gongs) * e Groupes [I] **

* estreia absoluta
** estreia nacional

Jael Cohen · clarinete

Bernardo Cruz · percussão

Maria João Saraiva · flauta
Jéssica Marquez · oboé
Francisca Lima · clarinete
Bruno Martins · clarinete-baixo
João Lopes Mendes · fagote
Guilherme Veiga · trompete
José Cancela · trompa
João Moreira · trombone
Beatriz Santos e Ruben Oliveira · percussão
Inês Filipe · piano
Joana Beatriz Neiva · violino I
João Inácio · violino II
Clarisse Gomes · viola
Henrique Rocha · violoncelo
Luana Ferreira · contrabaixo
André Coutinho · direção

>> Mais Informações

Síntese – Grupo de Música Contemporânea leva música portuguesa a Cuba

14 de maio, 16h00
Sala Argeliers León, Cuba
15 de maio, 15h00
Sociedad José Martí Sed de Belleza, Cuba
16 de maio, 19h00
Teatro del Museo de Bellas Artes, Cuba

Programa:

14 de maio

· João Pedro Oliveira · The delicate essence of dreams
· Tiago Derriça · Poemas possíveis
· Sofia Sousa Rocha · Quatro canções de luz e de sombra
· Carlos Marecos · branco, branco, branco...

15 de maio

· João Pedro Oliveira · The delicate essence of dreams
· Paulo Bastos · Branca rosa brava
· Sofia Sousa Rocha · Quatro canções de luz e de sombra

16 de maio *

· Tiago Derriça · Poemas possíveis
· Carlos Guedes · Livro de Bolso
· Sofia Sousa Rocha · Quatro canções de luz e de sombra

* concerto com Quinteto Tempo

Síntese – Grupo de Música Contemporânea

>> Mais Informações

Orquestra de Altifalantes
Orquestra de Altifalantes
Miso Music Portugal

Concertos de Música Eletrónica no Festival Música Viva 2024 · Orquestra e Abóbada de Altifalantes

11 e 12 de maio, 18h00
O’culto da Ajuda, Lisboa

Programa:

11 de maio · 18h00

Concerto #1 · Premiado – Concurso de Composição Música Viva 2022
· Robert Seaback · Skin and Siren (2022)

Concerto #2 · Começar de novo para de novo terminar
· Francis Dhomont · Somme toute (2022)
· Mariana Vieira · Encontro Inesperado do Diverso (2021)
· Marta Domingues · Instantes (2023)
· João Castro Pinto · Circumsphere: to Bounce & Rebounce (2024) *
· Trevor Wishart · Dance at the End of Time (2024) *

* estreia absoluta

Concerto #3 · Robert Normandeau, Elevation
· L’engloutissement (2019)
· Tunnel azur (2018)
· Le Ravissement (2021)

12 de maio · 18h00

Concerto #4 · Premiado – Concurso de Composição Música Viva 2023
· Otto Wanke · Cycling (2020)

Concerto #5 · Filipe Esteves · Sons Interiores / Interior dos Sons
· reciclagem
· entropia
· ressonâncias liquidas
· disrupções electro-mecânicas
· r.p.m.

Concerto #6 · Panayiotis Kokoras, Sonic Rhetorics
· Qualia (2017)
· Useless Box (2023)
· Construct Synthesis (2009)
· AI Phantasy (2020)

>> Mais Informações (dia 11)
>> Mais Informações (dia 12)

Re:Flexus Trio no Festival Música Viva 2024

10 de maio, 19h30
O’culto da Ajuda, Lisboa

Programa:
· György Kurtág · Hommage à R.Schumann
· Miguel Azguime · Son a ta demeure
· José María Sánchez-Verdú · Qasid 3
· Jaime Reis · Fluxus, Transitional Flow
· Ursula Mamlok · Rhapsody

Re:Flexus Trio
Ana Sofia Matos (clarinete), Catarina Gonçalves (viola), Maria Isabel Mendonça (piano)

>> Mais Informações

Círculo Ibérico pelo Grupo de Música Contemporânea de Lisboa

10 de maio, 19h00
Conservatório Profissional de Música de Salamanca, Espanha

Programa:
· Inés Badalo · Glosas
· Joly Braga Santos · Aquella tarde
· Jorge Peixinho · Estrela, Situações 66 e Sine Nomine *
· Miguel Villanueva Hering · …ese reflejo de sueños en el sueño de otro espejo **
· José Rio-Pareja · Tão longe de mim

* com a participação dos alunos do Conservatório Professional de Música de Salamanca
** estreia absoluta

Grupo de Música Contemporânea de Lisboa (GMCL)
Rui Pinheiro · direção

>> Mais Informações

Rita Castro Blanco · © Sarah Ainslie
Rita Castro Blanco · © Sarah Ainslie

Ensemble MPMP no Festival Música Viva 2024 · Música de Compositores Portugueses (Prémio Musa 2023)

9 de maio, 19h30
O’culto da Ajuda, Lisboa

Programa:
· Diogo da Costa Ferreira · Há que ser rio *
· João Pedro Oliveira · O Abismo e o Silêncio

* estreia absoluta · Prémio Musa 2023

Rita Castro Blanco · maestrina
Ensemble MPMP
Filipa Portela (soprano), Daniel Bolito (violino), Ana Monteverde (viola), Ângela Carneiro (violoncelo), Ana Ester Santos (harpa), Philippe Marques (piano), Luís Salgueiro (eletrónica)

>> Mais Informações

Cláudio de Pina no Festival Música Viva 2024 · De resto, Orpheu não acabou

7 de maio, 21h00
Igreja de Nossa Senhora da Ajuda, Lisboa

Programa:
· György Ligeti · Harmonies
· Ivan Moody · Phos e Phosphorescence
· Bruno Gabirro · Roda *
· Diogo Alvim · Peça com vista
· Cláudio de Pina · Quasi-lontano (omaggio a Ligeti)
· Mauricio Kagel · Phantasie für Orgel mit Obbligati

* estreia absoluta

Cláudio de Pina · órgão de tubos

>> Mais Informações

Powertrio
Powertrio

Powertrio no Festival Música Viva 2024 · 50: Contagem Urgente

5 de maio, 19h30
O’culto da Ajuda, Lisboa

Programa:
· Powertrio · 50: Contagem Urgente

50 minutos, 50 anos
uma revolução feita e
outras por revolver,
tantas por rodopiar e
mais ainda por excentrar
tic tac tik toque


Powertrio
Joana Sá · piano
Luís Martins · guitarra
Eduardo Raon · harpa

>> Mais Informações

Aveiro Síntese 2024 · Abertura e projeto 'Nova Música para Novos Músicos'

4 de maio, 21h30
5 de maio, 18h00
Teatro Aveirense, Aveiro

Programa (4 de maio):
· Obras mistas para instrumento solo e de conjunto de Ângela Lopes, Jaime Reis, João Pedro Oliveira, Nuno da Rocha, Pedro M. Santos e Jean-Claude Risset

Grupo de Música Contemporânea do Conservatório de Música de Santarém
Philippe Trovão · direção musical

Programa (5 de maio):
· Jaime Reis · Estudo sobre densidades *
· Mariana Vieira · Movimentos flutuantes
· Pedro Bento · Desert *

* estreias, encomendas da Arte no Tempo

Rita Castro Blanco · direção musical
Nádia Carvalho · informática musical

>> Mais Informações

Sond’Ar-te no Festival Música Viva 2024 · Estreias de Obras Portuguesas

4 de maio, 19h30
O’culto da Ajuda, Lisboa

Programa:
· Rui Penha · Uma peça apropriada
· Daniel Martinho · Cyclus *
· Christopher Bochmann · Canzona VII *
· Hugo Vasco Reis · Labirinto da Metáfora *

* estreia absoluta · encomenda Miso Music Portugal

Pedro Carneiro (direção)
Sond’Ar-te Electric Ensemble
Sílvia Cancela · flauta
Nuno Pinto · clarinete
Vítor Vieira · violino
Jorge Alves · viola
Luís André Ferreira · violoncelo
João Casimiro de Almeida · piano
João Dias · percussão

>> Mais Informações

Concerto Inaugural do Festival Música Viva 2024 com a Orquestra Metropolitana de Lisboa

3 de maio, 21h00
Museu Nacional dos Coches – Antigo Picadeiro Real, Lisboa

Programa:
· António de Sousa Dias · Palimpsesto - Vestígios * [encomenda Miso Music Portugal]
· Miguel Azguime · La Transfiguration de l'Impossible [encomenda Orquestra Metropolitana]
· Arnold Schoenberg · Concerto para Piano e Orquestra op. 42
· João Madureira · Greeting
· György Ligeti · Mysteries of the Macabre

* estreia absoluta

Pedro Neves (direção)
Camila Mandillo (soprano)
José Pedro Ribeiro (piano)

>> Mais Informações

Jaime Reis · © Sofia Nunes
Jaime Reis · © Sofia Nunes

Música Acusmática com composições de Jaime Reis

3 de maio, 19h00
Auditório do Conservatório de Música de Viseu

Programa:
· Jaime Reis · Corpos Sonoros I: reencarnação *, Phonopolis, Fluxus, Lift , Jeux de L’Espace
· Jaime Reis · Magistri Mei: Bruckner e Fluxus, Pas Trop Haut Dans Le Ciel

* estreia absoluta · encomenda Festival Primavera

Beatriz Costa · performer, altifalante ultradirecional

>> Mais Informações

Ângela da Ponte · © Rui Neto
Ângela da Ponte · © Rui Neto

Música de Ângela da Ponte no Suena Festival

2 de maio, 20h00 (hora local)
Echoraum, Viena, Áustria

Programa:
· Álvaro Collao León (Chile, 1985) · Wüstenvisionen (2024; estreia)
· Antonio Hasbún-González (Chile, 1999) · Morse (2022)
· Ángel Hernandez Lovera (Venezuela, 1984) · Promenade V (2024; estreia)
· Ângela da Ponte (Portugal,1984) · Ao longe meu pai dizia
· Alberto Posadas (Espanha, 1967) · Límite (2018)

Álvaro Collao León · saxofone

>> Mais Informações

>> Topo

Exposições/ Instalações/ ...

Compositoras · Expo
Expo · Os Grupos Portugueses de Música Contemporânea...

Exposição · Os Grupos Portugueses de Música Contemporânea fundados pelos Compositores da Geração de 60

17 de janeiro – 12 de abril de 2024
Claustros do Edifício dos Congregados, Departamento de Música/ Universidade do Minho, Braga

«A importância dos significativos compositores da denominada de Geração de 60 da criação musical em Portugal, não se circunscreveu à composição. Álvaro Salazar [n. 1938], Cândido Lima [n. 1939], Constança Capdeville [1937-1992] e Jorge Peixinho [1940-1995], marcaram não só pela fértil actividade como criadores de aprofundado interesse técnico e estético, mas também pela profícua operosidade que desenvolveram como informados e requintados divulgadores da criação musical contemporânea que se produzia não só no nosso País, mas igualmente além-fronteiras. Acção da maior importância foi, no entanto, aquela primeiramente delineada por Jorge Peixinho, o mais novo dos quatro citados, quando articula, ainda nos finais dos anos 60, um grupo de intérpretes com o primário objectivo de divulgar a música dos seus dias. Surgia então, formalmente no ano de 1970, o primeiro agrupamento de música mais prospectiva em Portugal — o GRUPO DE MÚSICA CONTEMPORÂNEA DE LISBOA. Simultaneamente, Cândido Lima, ainda em viagens várias pelo estrangeiro, esboça desde essa mesma altura várias ideias com objectivos idênticos, que viriam a ser oficialmente apresentadas em 1975 e materializadas num efectivo próprio, o GRUPO MUSICA NOVA, cuja primeira apresentação em concerto se deu em 1976, no Porto. Grupos semelhantes foram elaborados por Álvaro Salazar – a OFICINA MUSICAL, fundada em 1978, e, em 1985, e seguindo experiências várias com diferentes formações, o COLECVIVA, idealizado e constituído por Constança Capdeville, este orientado para o teatro-música, grupo verdadeiramente pioneiro em Portugal nesta esfera peculiar. Estes quatro Grupos Portugueses de Música Contemporânea deixaram, paulatinamente, indubitável e indelével marca no panorama da criação musical no nosso espaço luso de todo o último quartel do século XX, imortal actividade que dificilmente a história poderá abafar.»
Pedro Junqueira Maia

>> Mais Informações

Exposição · O Fabricar da Música e do Silêncio – Compositoras Portuguesas/ Séc. XX

14 de fevereiro de 2023, 17h30 (inauguração)
Casa do Professor, Braga

Curadoria: Pedro Junqueira Maia; Comissariado: Catarina Vieira
Mostra em que se apresentam algumas das figuras femininas que elaboraram/ elaboram um trabalho criativo que se aponta como marca indelével para a construção de uma história da música contemporânea em Portugal.

Organização: Casa do Professor/ Braga

>> Concerto · Confluências – Composição no Feminino

>> Conversa · Para uma História da Música Contemporânea em Portugal – Compositoras Portuguesas

>> Mais Informações

Mea [maxima] culpa · projeto com a participação de Patrícia Sucena de Almeida (fotografia) · 232 Celsius (organização Pescada n.º 5)

12 de novembro, 15h00-22h30
13 de novembro, 15h00-18h00
Antiga Coimbra Editora, Rua do Arnado 15, Coimbra

Mea [maxima] culpa

Patrícia Sucena de Almeida - Fotografia
Ana Paula Inácio - Texto
Amândio Costa Bastos - Instalação sonora
Ana Teresa Santos - Interpretação

Fotografia - Exposição | Texto-Recitação - Instalação
Colaboração que interliga várias vertentes que se conjugam numa produção final associada a um espaço específico: Parte I Exposição/Fotografia com a sobreposição de imagens de um relógio e de máquinas de escrever como mecanismos de proibição, repressão e censura donde saem folhas escritas como prova de resistência onde a emoção/dureza nos leva a lugares-comuns que nos garantem um sentido demasiado humano. Parte II Instalação/Texto-Recitação em ritmo de litania, que cruza escrita original com excertos de outros autores num registo afeito ao do ritual religioso da confissão, assumindo a ambiguidade que lhe subjaz: enquanto expia, espia atos pecaminosos, enquanto os expulsa, convoca-os, enquanto deseja esquecê-los, rememora-os, num duplo de subordinação/insubordinação.

O suspiro de uma porta
sobre mil fechos que giram
giram que giram
mil vezes giram
como volteios soprados plo vento
e depois o adventício
os pensamentos cegos
a condição das espécies sub-atómicas
a escrita limpa do corpo
de uma porta,
suspira sus pira susp ira
s_u_s_p_i_r_a


Fahrenheit 451, a temperatura de ignição do papel, é o título de um livro de Ray Bradbury. Descreve um país do nosso futuro onde se realizou esta distopia. Todos os livros foram banidos. Os bombeiros perseguem quem os esconda e queimam impiedosamente os exemplares encontrados. (...) Na memória de alguns, o romance de Bradbury é indissociável das imagens do filme de 1966 de François Truffaut, protagonizado por Julie Christie e Oskar Werner, ingénuos e lindíssimos, no estado da pureza ideológica que os anos 60 do século passado permitiam.
São essas memórias, infiltradas no nosso tempo presente, que os Pescada n.º 5 agora revisitam, povoando com mais de 60 trabalhos os espaços da antiga Coimbra Editora, actual Critical Software. (do texto de Luís Januário)

>> Mais Informações

Exposição · De casa para um mundo · XXII Bienal Internacional de Arte de Cerveira

28 Julho – 9 Outubro
Casa da Cultura Mestre José Rodrigues, Largo S. Sebastião, Alfândega da Fé

A Casa da Cultura Mestre José Rodrigues recebe, a partir de 28 de julho, a exposição De casa para um mundo, um projeto inédito que reúne 15 escritores + 15 artistas plásticos+ 15 compositores.

Trata-se de um projeto artístico inédito, concebido por Manuel de Novaes Cabral e Sobral Centeno, que reuniu, em tempos de pandemia, nomes bem conhecidos das artes visuais e da literatura contemporânea. Maria de Fátima Lambert é a curadora desta exposição que integrou mais tarde, por sugestão de Paula Freire, a área da música.
O resultado foi a criação à distância de obras coletivas que foram dadas a conhecer ao público na XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira, em 2020. A Fundação Bienal de Arte de Cerveira é a entidade promotora das itinerâncias e fiel depositária das obras do projeto.
No total são apresentadas obras de 15 escritores + 15 artistas plásticos+ 15 compositores, colocando em diálogo criadores que não se puderam encontrar, mas que comunicaram através da arte. A iniciativa conta, ainda, com a colaboração dos Designers Beatriz Horta Correia, Francisco Providência, Joana Machado, Miguel Gaspar e Nuno Coutinho.

Artistas representados:
Capicua, Albuquerque Mendes e Ana Seara
Afonso Reis Cabral, Ana Fonseca e Pedro Pinto Figueiredo
Daniel Maia-Pinto Rodrigues, Ana Pérez-Quiroga e Sara Carvalho
Bernardo Pinto de Almeida, António Olaio e Nuno Peixoto de Pinho
Pedro Eiras, Avelino Sá e Jaime Reis
João Gesta, Cristina Ataíde e Ângela da Ponte
Paulo José Miranda, Francisco Laranjo e Inês Badalo
Francisco Duarte Mangas, Graça Pereira Coutinho e António Pinho Vargas
Maria do Rosário Pedreira, Isaque Pinheiro e Carlos Marecos
Rosa Alice Branco, Susana Piteira e Francisco Monteiro
Nuno Higino, Jorge Abade e Carlos Caires
Gonçalo M. Tavares, Pedro Calapez e Sérgio Azevedo
Hugo Mezena, Pedro Tudela e Isabel Pires
Manuel Novaes Cabral, Sobral Centeno e Luís Soldado
Filipa Leal, Zulmiro de Carvalho e António Victorino D’Almeida

>> Mais Informações

Exposição · Ser Músico em Portugal (1750-1985) uma viagem pela história do associativismo musical em Portugal

2 de Julho – 6 de Novembro
Museu da Música Portuguesa – Casa Verdades de Faria, Monte Estoril

O projecto de investigação PROFMUS – Ser músico em Portugal: a condição socioprofissional dos músicos em Lisboa (1750-1985) apresenta a Exposição SER MÚSICO EM PORTUGAL (1750-1985), com inauguração a 2 de Julho de 2022, pelas 15 horas, no Museu da Música Portuguesa – Casa Verdades de Faria (Monte Estoril), ficando patente até 6 de Novembro de 2022.

Trata-se de uma iniciativa inédita e pioneira que reúne uma selecção de documentos e outras peças de enorme valor e interesse patrimonial, provenientes dos arquivos históricos da Irmandade de Santa Cecília e do Montepio Filarmónico, ambos localizados na Basílica dos Mártires, e do Arquivo Histórico do Sindicato dos Músicos, depositado no Museu da Música Portuguesa – Casa Verdades de Faria.
Esta exposição trará pela primeira vez ao público uma extraordinária riqueza documental conservada nestes acervos, que é uma fonte essencial para a história da vida musical em Portugal entre o final do Antigo Regime, quando se dá um crescimento no associativismo musical dos músicos portugueses, até à integração de Portugal na então CEE (1985), e ao consequente início da livre circulação dos profissionais da música no mercado de trabalho europeu.
Documentar e trazer a lume a forma como as associações e os músicos se organizaram profissionalmente ao longo deste largo período, visa estimular novos olhares sobre as condições da actividade musical quotidiana em Portugal, um património imaterial histórico riquíssimo que importa preservar, estudar e salvaguardar.

A inauguração da exposição Ser Músico em Portugal (1750-1985), com produção e curadoria dos investigadores Cristina Fernandes, Manuel Deniz Silva e Tiago Manuel da Hora, é integrada no congresso internacional A música como profissão: estatuto, carreiras e associativismo, igualmente organizado pelo PROFMUS (30 de Junho – 2 de Julho).

Congresso · A música como profissão: estatuto, carreiras e associativismo (30 de Junho – 2 de Julho)

>> Mais Informações

Sondando Conflito: Uma Performance em Cinco Atos · Pedro Rebelo, com Matilde Meireles, em colaboração com Tinderbox Theatre Company

8-16 de Julho
Jardins Efémeros, Viseu, Portugal

10 de Junho-16 de Julho
Museu da Maré, Rio de Janeiro, Brasil

A instalação Sondando Conflito criada por Pedro Rebelo com Matilde Meireles é focada numa performance filmada de 30 minutos dirigida por Patrick J O’Reilly com os performers Joe Loane e Keith Singleton (Tinderbox Theatre Company). A peça tem como objetivo agregar vários elementos colectados durante trabalho de campo no projeto “Sounding Conflict” no Médio Oriente, Irlanda do Norte e Brasil.

A instalação projeta no espaço da galeria duas personagens insistindo de uma forma cíclica em gestos e ações que sugerem estados de destruição, reconstrução de uma casa, muro ou cidade…. Estruturada em cinco atos e uma coda, a performance filmada reflete atos de resistência, reconciliação e resiliência na forma em como duas personagens navegam um mundo construídos de tijolos. O filme questiona o que um muro faz a uma comunidade. É proteção ou fronteira? Quem constrói o muro para quem? Enquadrado nos conceitos de resistência, resiliência e reconciliação, o filme é uma investigação performativa sobre relações de poder, politicas de espaço e identidade.

A capacidade do som de criar espaços e materializar ação é explorada através de um ambiente sonoro que constantemente se altera entre a concretização da construção e destruição, a paisagem sonora e referencias a Hip Hop da Síria, Brasil e Irlanda do Norte. O trabalho sonoro inclui gravações sonoras destes locais, bem como sons de arquivo da BBC gravados durante os anos 70 na Irlanda do Norte durante o conflito armado conhecido como os Troubles. As convenções globais do Hip Hop em combinação com as suas notáveis variantes locais apresentam uma palete sonora na questão do papel da música criada no contexto de uma situação de conflito.

>> Mais Informações (Jardins Efémeros)
>> Mais Informações (Museu da Maré)

Sede – Jardins Efémeros, Viseu


Museu da Maré, Rio de Janeiro

CAIU A NOITE · Exposição com criações de Patrícia Sucena de Almeida

9 de Abril – 26 de Junho
Edifício Chiado – Museu da Cidade de Coimbra

«CAIU A NOITE trata de um conjunto de trabalhos do Colectivo Pescada n.º 5 que transitaram da sua última exposição no Paço dos Condes de Tentúgal, que tinha como mote a celebração da Primavera. Contudo, depois de um belo dia de sol, cantares e variações artísticas, chegou inevitavelmente, a noite.»

Exposição inserida na Programação Convergente do Anozero 21-22 Bienal de Arte Contemporânea de Coimbra.

>> Mais Informações

Música de Filipe Lopes na instalação Selva Coragem

18 de Março – 25 de Abril
Sala Pátria, Casa da Memória de Guimarães

· Selva Coragem · Teatro do Frio

Selva Coragem é um projecto construído com a comunidade, a partir de plantas emprestadas pelos habitantes locais. Toda a população pode contribuir para esta instalação, emprestando plantas de diferentes tipos.
Esta “matéria verde e viva” – cheia das memórias e dos significados que cada pessoa atribui às plantas que cuida – será a base para criar uma grande instalação vegetal e sonora, uma “pequena selva colaborativa”, que terá no seu interior diferentes espaços para estar, ouvir, conversar ou contemplar. No final do projeto, as plantas retornarão à sua casa com outras memórias, na perspetiva de um outro futuro, em que vegetal e humano não estejam tão separados.

Direção Artística · Rodrigo Malvar e Catarina Lacerda
Dramaturgia · Catarina Lacerda
Textos · Catarina Lacerda, Emanuele Coccia, Contos Yanomani
Composição Eletrónica · Rodrigo Malvar
Voz Gravada · Ece Candil, Bruno Pereira, Rodrigo Malvar e Catarina Lacerda
Composição Escultórica · Filipe Tootill
Objetos sónicos · Emanuel Santos
Desenho de Luz · João Abreu
Registo Vídeo · João Miguel Ferreira
Design de comunicação · Gil Mac
Assessoria de imprensa · Patrícia Barbosa
Produção Executiva · Natasha Bulha Costa

>> Mais Informações

É PRIMAVERA NO PAÇO · Exposição-Festa com criações de Patrícia Sucena de Almeida

2 de Abril, 15h00-23h30
Paço dos Condes de Tentúgal

É PRIMAVERA NO PAÇO é uma Exposição-Festa, organizada pelos Pescada Número 5, de celebração da Primavera.
Decorre no sábado, 2 de Abril, das 15:00-23:30, no Paço dos Condes de Tentúgal, dando a conhecer um espaço que foi marcante nas vidas do Baixo Mondego e na história do país.
Para os visitantes será uma experiência marcante a descoberta deste espaço residencial nobre, abandonado – durante o dia mas também à noite graças a uma proposta de iluminação que irá revelar um outro espírito do lugar – com mais de 50 trabalhos artísticos e performances, ocupando vários espaços do palácio ducal e os terrenos adjacentes.

A participação de Patrícia Sucena de Almeida neste colectivo inclui dois projectos:

· Insomnia – video e fotografia por Daniel Antero e Patrícia Sucena de Almeida
Pretende-se refletir sobre o desespero e a dor através de uma exploração dos ‘movimentos’ de um olho e da sua íris. A dificuldade em ‘encarar’ a mudança do mundo de hoje e a resolução dos seus problemas e a insónia constante dos que se preocupam, sendo esse um estado normal.

· Illusionis – fotografia e texto por Patrícia Sucena de Almeida e Ana Paula Inácio
‘Linhas’ – visual/ textual – que se aproximam e afastam em momentos reais e ilusórios formando uma unidade em sintonia criativa. Confusão entre o que existe e o que não existe, um devaneio, um sonho, com a intenção de enganar, mentir ou de criar uma outra ‘realidade’. Ou será a ilusão a realidade e a realidade uma ilusão?

>> Mais Informações

Música de Diogo Alvim na exposição Cisnografia

7 de Dezembro – 27 de Fevereiro
Museu Nacional de Arte Antiga, Lisboa

Cisnografia é um projeto de cruzamento disciplinar que repensa e trabalha sobre suportes de criação e apresentação das artes performativas, recorrendo a objetos da história da Dança, composição coreográfica, composição musical e cinema.
Enquanto elemento coreográfico e musical, consiste no desafio à composição e reescrita do 13.º movimento Le Cygne da Suite Le Carnaval des Animaux de Camille Saint-Säens. Esta obra resulta do desafio feito a treze coreógrafos/intérpretes/performers e um compositor, para, individualmente reescreverem a sua morte do cisne, de acordo com as linguagens pessoais e códigos de trabalho. Cada solo foi filmado nas diversas salas no Museu Nacional de Arte Antiga, permitindo composições que se relacionam intimamente com as obras e espaços.

Conceção e realização Luiz Antunes • Direção artística e desenvolvimento do projeto André Mendes, Luiz Antunes • Artistas convidados Ana Moreno, Allan Falieri, David Marques, Guilherme Leal, Joana Castro, Luiz Antunes, Marco da Silva Ferreira, Maurícia | Neves, São Castro, Nina Botkay, Tânia Carvalho, Thamiris Carvalho, Vasco Araújo • Composição Musical Diogo Alvim • Direção de fotografia Margarida Dias • Câmera e edição Tomás Pereira • Assistente de câmera Laura Dias • Produção Heurtebise • Comunicação e programação digital Marco Oliveira • Tradução Francisco da Silva Pereira • Suporte técnico e implementação Balaclava Noir • Parceria institucional Museu Nacional de Arte Antiga • Parceiros 23 Milhas, Câmara Municipal do Fundão, Museu Nacional de Arte Antiga, Quinta da Cruz – Centro de Arte Contemporânea, Rua das Gaivotas 6 • Apoio Direção-Geral das Artes – Ministério da Cultura

>> Mais Informações

Exposição Colectiva: Admirável Mundo Novo · com Patrícia Sucena de Almeida

9 de Outubro, das 15h00 às 23h00
Sociedade de Porcelanas de Coimbra – Arregaça

O Grupo Pescada N.º 5 e a Associação Há Baixa vão realizar a exposição coletiva “O Admirável Mundo Novo", que decorrerá no próximo dia 9 de outubro, com início pelas 15h00, no espaço fabril da Sociedade de Porcelanas de Coimbra, situado na Arregaça.
Serão 500 metros de percurso seguro, profusamente iluminado, de sentido único com 45 pontos de paragem nos vários pavilhões fabris: instalação, video, escultura, desenho, pintura, fotografia, performances musicais.

ORGANIZAÇÃO:
Colectivo Pescada N.º 5

CO-ORGANIZAÇÃO: Associação Há Baixa

COM O APOIO do Município de Coimbra, da Junta de Freguesia de Santo António dos Olivais, Bombeiros Voluntários de Coimbra, Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro e Associação Portuguesa das Indústrias de Cerâmica e de Cristalaria.

>> Mais Informações

Mondego: o rio está em todo o lugar ao mesmo tempo · de Pedro Rebelo

30 de Agosto – 5 de Setembro, 15h00-20h00
Dar a Ouvir. Paisagens Sonoras da Cidade, Convento São Francisco, Coimbra

· Mondego: o rio está em todo o lugar ao mesmo tempo · projecto participativo de Pedro Rebelo

Concepção, pesquisa, trabalho de campo, entrevistas, recolhas sonoras, execução da instalação · Pedro Rebelo
Fotografia · Geraldine Timlin

A instalação Mondego: o rio está em todo o lugar ao mesmo tempo convida comunidades associadas ao rio Mondego a participar num projecto que visa articular o impacto da ação humana no ambiente.
O projecto centra-se na escuta e na experiência in situ ao longo do rio e documenta as qualidades naturais dos espaços, tais como o impacto da poluição e a intervenção humana. O rio Mondego, o mais longo exclusivamente em território português, é aqui explorado do ponto de vista da transformação da paisagem sonora e do seu impacto em comunidades humanas e não-humanas.
A materialidade sonora, orgânica e residual do Mondego, é expressa de forma escultórica num ambiente imersivo e interactivo, convidando o público a reflectir a presença e pertença da humanidade na natureza.

>> Mais Informações

Across and In-Between: Suzanne Lacy e Pedro Rebelo

12 de Junho – 14 de Agosto
Golden Thread Gallery, Belfast

· Across and In-Between · instalação de Suzanne Lacy criada em colaboração com Pedro Rebelo

Encomenda: 14-18 NOW e Belfast International Arts Festival

>> Mais Informações
>> Mais Informações

>> Topo

Concertos & Espectáculos

Encontros & Conferências

Concursos & Calls

>> Topo

 

 

 

Espaço Crítica para a Nova Música

 

MIC.PT · Catálogo de Partituras

 

MIC.PT · YouTube